Skip to content

verde

21 de março de 2009

Eu ri, tirando sarro do olhar sem graça dela. Repeti:

“Mas você É linda!”

Ela sorriu:

“Ain, para!”

Eu comecei a rir, peguei em sua cintura e a beijei. A beijei como se fosse a primeira vez. A beijei como se fosse a última. Ela estava acomodada comigo. Seus olhos são de um verde tão intenso que quando os fitei, em um raro momento que eles pareciam nus e não maliciosos, eu me derreti, me afundei. O riso e malícia que estavam em meu sorriso se desvaneceram. Deitei a cabeça no travesseiro. Ela perguntou o que havia. Eu disse, baixinho, que não era nada. Estava surpresa com aqueles olhos.

Ela começou a mexer nos meus cabelos, tão curtos para uma menina, ainda mais pra uma menina com cara de criancinha:

“Você tá cansada, né? Do jeito que anda sua rotina, vou ficar orfã de você, amor”.

“Eu tô cansada, mas não é isso…”

Ela ignorou completamente o “não é isso” e seguiu choramingando enquando apertava minha mão bem forte, acho que estava tensa pelo meu olhar perdido:

“Mas você não vai mais querer me ver… Vai querer ficar descansando…”

Suspirei:

“Ahn… Deixa de ser bobinha. Eu quero você. Quero estar com você. E sim, minha vida está cheia, mas sem você, ia ficar vazia.”

Ela me olhou, com aqueles dois olhos verdes mais nus e inocentes do que eu jamais tinha visto, sorriu e me beijou. E não foi a primeira e nem a última vez.

“I love the temperature and smell of your body, the shape of your lips, the size of your nose. I love that everything you say is so funny, plus you’re the best kisser that I’ve ever known…”             (Shakira – Something)

Anúncios
One Comment leave one →
  1. karenarnold permalink*
    23 de março de 2009 7:35 PM

    “Honey, you are the rock upon which I stand. And I come here to talk, I hope you understand that Green Eyes, the spotlight shines upon you. And how could anybody deny you? I came here with a load and it feels so much lighter now I met you. And honey, you should know that I could never go on without you. Green Eyes, ooh. Honey you are the sea upon which I float. And I came here to talk, I think you should know that Green Eyes, you’re the one that I wanted to find and anyone who try to deny you must be out of their mind! Cause I came here with a load and it feels so much lighter since I met you. Honey, you should know that I could never go on without you. Green Eyes…” – Green Eyes, Coldplay.
    Não tem nada a ver, mas é a única coisa que eu penso quando ouço falar de olhos verdes. e eles são lindos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: