Skip to content

eu devia te salvar de mim

1 de maio de 2009

Eu queria poder fugir. Queria ter a coragem de dizer pra você procurar alguém melhor que eu.

Eu queria ter a coragem de esmagar seu coração mais uma vez pra que você se esquivasse e escapasse da minha mente e dos meus tentáculos.

Mas não consigo. Te quero por perto. E pensar em você sem mim e em mim sem você faz tudo ficar um pouco mais cinza. Cinza como é agora. Cinza de álcool Cinza de miséria.

Mas como te amo? Te amo como a um irmão? Te amo como a um amante? Sei que te amo. Mas como te amo!

Não confunda minha cabeça assim com suas declarações.

Por que eu não consigo mandar você me esquecer? Por quê?! Se eu te amo e sei que qualquer ser humano estaria muito melhor sem mim. Eu devia te salvar de mim. Eu devia…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: