Skip to content

cegue seus olhos

31 de maio de 2009

Eu ouço as estrelas brilharem,
e ele não consegue descrever o que eu vejo.
E eu peço para que ele me assuste,
ele só consegue me olhar nos olhos.

Talvez não tenha que ser assim,
mas e se tiver?
Talvez eu tenha te amado,
mas ainda seria possível isso?

Tudo o que não fizemos não existe mais.,
vejo meu coração bater nos olhos dele!
Não posso deixar de olhar,
pensar que não terminamos nada.

E eu estou com tanto medo,
medo que ele me corte o coração.
Os olhos perguntam a verdade,
e ele nunca diz que não.

E isso será apenas uma história,então?
Cegue os seus olhos!
Você é viciado no meu coração,
a cada batida você fica maluco.

Como é que eu vou dormir agora?
Sem seu rosto para me ajudar a adormecer.
E são aquelas palavras importantes,
aquelas que eu nunca te disse.

Já fizemos isso antes,
ele nunca fecha a porta.
E não existe amor nele?
Seu olhar não sai de mim!

Ele sabe como deveria ser!
O pássaro só se esqueceu de cantar!
Nunca me fez parar,
você é a única coisa que eu tenho para acreditar.

Seu rosto não vai mais me abraçar essa noite,
não vou mais te querer perto de mim.
Não vou mais amar os seus olhos,
então tire-os de mim.

Eu nem deveria ter deixado,
deixado você me jogar nesse jogo.
Agora estamos aqui,
eu, você e o resto do mundo.

Você entrou tão devagar,
eu nem tentei evitar.
E eu quase consigo,
mas você não cega os seus olhos!

Nas noite me deixa maluca,
seus carinhos queimam como algodão.
O que você fez comigo?
Eu te amo,então?

Conseguia te ouvir sussurrando pela manhã,
sentia sua pele na minha.
Meu querido,
como deixamos isso acontecer?

Agora os dias querem subornar as noites,
e subornam para que as suas memórias não cheguem,
cheguem e olhem pra mim,
como você sempre faz.

Me machuca dia e noite,
me confunde até o dia chorar.
Me procura com o olhar,
eu fujo para não dizer que não.

Te esperava tanto pelas manhãs,
aquele rosto lindo fechado.
Meu querido,
eu só precisava olhar nos seus olhos.

Aquele abraço que será eternamente nosso,
será procurado nos braços de outro?
Como eu me perdia,
como eu me perco por você.

Ele é muito mais do que eu me lembro,
muito mais do que eu tive.
Naquela noite eu não assisia o sol,
mas ele me segurava a mão.

Queria poder te abraçar agora,
e te dizer que você poderia estar aqui.
Sinto falta dos abraços que você não me deu,
meu coração vai ter que bater em silêncio,agora?

Ele sussura doces desculpas,
e eu decido se ele vai ficar essa noite.
Meu querido,
eu preciso de você comigo.

l´amor

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: